quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Calor x Frio

Faz tanto calor que já não consigo respirar
Não conigo raciocionar se tudo que se passa é real
Ou talvez fruto de uma miragem desértica.

Desesperadamente, tento agarrar a imagem que se forma
Ela parace não se mover, parece acenar
Dando adeus
Pra sempre adeus....

Com tanto calor a minha volta
Como pode meu coração estar congelado?
Parado no tempo, Frio....

Preciso de fogo....
Fogo que alimenta a chama da paixão
Fogo que deixa louca e alucinada
Fogo para quebrar o gelo de meu coração...

Um comentário:

Solange disse...

o amor é quente..
mas muitas vezes estaciona-se por um tempo em lugares mais frios..

bjs.mãe